Você está em MG

Arruda

Santa Cruz apresenta o primeiro reforço para a disputa da Série C: Fabrício Ceará

Atacante foi destaque do Salgueiro no Estadual marcando oito gol e chega por empréstimo até o final do ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 17/05/2012 17:57 / atualizado em 17/05/2012 17:40

Daniel Leal /Diario de Pernambuco

O Santa Cruz apresentou na tarde desta quinta-feira o seu primeiro reforço para a Série C. Trata-se do atacante Fabrício Ceará, 34 anos, destaque do Salgueiro no Estadual com oito gols. Essa é a segunda passagem do atleta pelo Arruda, já que em 2006 fez parte do elenco coral rebaixado na Primeira Divisão. Tal fato, segundo o próprio Fabrício, pesou na decisão de voltar ao Santa Cruz por uma dívida de gratidão.

Daniel Leal/DA Press
"Em 2006 foi um ano que praticamente mudou o time todo, passaram vários treinadores e não conseguimos reverter a situação. Fui um dos últimos contratados e não tive tantas oportunidades e não deu certo. O clima era tenso, não tinha alegria, você era cobrado, mas não havia uma contrapartida. Espero poder ajudar bem mais o grupo desta vez. O Santa Cruz hoje é outro, vem numa crescente, subiu Série C e tem projeto bom para a B", disse.

Fabrício Ceará tem contrato com o Carcará até o final de 2013 e chega ao Santa Cruz por empréstimo até o final desta temporada. A expectativa é que ele possa fazer dupla com Dênis Marques. "Vou estar à disposição do técnico, se tiver oportunidade de jogar ao lado dele vai ser ótimo. Diante da nossa experiência pode ser bom para o ataque. Sabendo que não somos habilidosíssimos, mas se tivermos oportunidade, vamos fazer os gols com competência", pontuou Ceará.

Em relação à sua saída do Salgueiro, o atacante afirmou que a negociação não foi muito fácil. "Fui sincero com o Clebel Cordeiro (presidente do Salgueiro), falei minha idade e ele é um homem sério, compreensivo, de temperamento forte, mas de coração grande. Disse a minha situação para ele e no momento ele não aceitou. Mas depois tentei mostrar o que eu fiz pelo Salgueiro e falei como era empréstimo, ano que vem eu iria voltar, são seis meses apenas", pontuou.