RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

Arena Pernambuco

Valcke elogia estádio distante do centro e "confia" no cronograma

Secretário-geral da Fifa esteve no Recife pela primeira vez e foi sabatinado em uma coletiva na Palácio do Governador

Cassio Zirpoli - Diario de Pernambuco

Publicação:

26/06/2012 15:43

 

Atualização:

26/06/2012 22:32

 (Tiago Cisneiros/Diario de Pernambuco)
Bastante questionado sobre a presença da Arena Pernambuco na Copa das Confederações de 2013, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou que acredita no cronograma em execução no canteiro de obras em São Lourenço. Mais. O dirigente francês diz preferir, para eventos deste porte, um estádio longe do centro, devido à estrutura no entorno, com a necessidade de amplo estacionamento e centro de imprensa com capacidade para a mídia internacional. No caso, a arena local fica a 19 quilômetros do Marco Zero, mesma distância em relação ao aeroporto. Durante a entrevista coletiva concedida no Palácio do Campo das Princesas, Valcke não se esquivou das perguntas da imprensa, centradas no apertado prazo local, que tem apenas oito meses para evoluir a obra de 43% para 100%, em fevereiro do ano que vem.

"Vários estádios nos Mundiais já ficaram longe dos centros urbans, enquanto outros ficam bem no centro como o Maracanã. É bonito, mas é difícil de estacionar. Talvez seja suficiente para o campeonato brasileiro, mas ainda não para uma semana de final da Copa do Mundo. Fora da cidade é mais fácil para se adequar ao que necessitamos para a Copa do Mundo, como hospitalidade e instalações de televisão. De certa forma, até prefiro que seja fora da cidade", comentou sobre a localização da Arena Pernambuco, que vem sendo erguida na Zona Oeste, em um terreno que tinha um perfil rural antes do empreendimento.

"Pernambuco estará pronto para o Mundial. Ficar pronto antes é uma decisão da cidade, com algo benéfico na divulgação. Com base nas discussões com os setores público e privado, o estádio ficará pronto. Existem cidades que estão mais avançadas que outras. Não quer dizer que as outras não ficarão prontas", afirmou Valcke, que teve acesso ao relatório do governo brasileiro, após o sobrevoo ao canteiro pela manhã, logo após o desembarque no Recife.

Por sinal, o francês se mostrou otimista em relação ao Aeroporto Internacional dos Guararapes, uma vez que a malha aérea é a maior preocupação da Fifa ao lado dos estádios. No entanto, o francês deverá se reunir sobre este ponto específico apenas na quinta-feira, em Brasília, ao lado do ministro do Esporte, Aldo Rebelo. "Parece um bom aeroporto, sim. Mas teremos um grupo de trabalho para avaliar a acomodação e o transporte dos aeroportos. Caso as cidades não fiquem prontas (em relação à capacidade de passageiros), poderemos sugerir que o espaço aéreo nas cidades-sede fique aberto 24 horas, ou até mesmo com a utilização de aeroportos militares", disse.

O único momento em que demonstrou uma certa irritação foi sobre as seguidas perguntas em relação ao prazo, mantendo sempre uma postura crítica, quanto à cobrança sobre a cidade, mas mantendo o crédito sobre o estado. "Sei que todos querem saber se Pernambuco estará pronto. Mas eu só darei essa resposta em 1º de novembro. Não posso falar agora. O governador (Eduardo Campos) me perguntou sobre o que eu achava. Deêm um voto de confiança a cidade, porque as coisas vão acontecer em tempo. Quando as coisas devem ser ditas, mesmo que sejam negativas, sou capaz de dizer. Porém, tenho certeza que o Recife ficará pronto".

Sobre preço de ingressos para o evento-teste em 2013, ele adiantou que os valores serão próximos aos praticados na África do Sul, abaixo do Mundial. "Eu já sei os valores, sim. Mas não acho adequados divulgá-los agora.". Ou seja, o anúncio será em novembro, junto com o sorteio, no qual a Espanha poderá ser confirmada como cabeça-de-chave do grupo B, o que faria o país jogar aqui. Em 2009, a Copa das Confederações teve ingressos a partir de US$ 7, na primeira fase, no setor popular, a US$ 200, na cadeira premium da decisão, vencida pelo Brasil.

Estiveram presentes na coletiva na tarde desta terça-feira, além de Valcke, Ronaldo, Bebeto (membros do conselho do COL) e do vice governador, João Lyra Net, o presidente da FPF, Evandro Carvalho, o pintor pernambucano, o secretário em exércio da Secopa no estado,Gilberto Pimental, a secretária estadual de esportes, Ana Cavalcanti o secretário da Copa no Recife, Amyr Scwartz, e Luis Fernandes, secretário executivo do Ministério do Esporte Do Recife, a comitiva Fifa/COL partiu para Natal, onde seguirá a rodada de visitas de Valcke. A viagem acaba quinta, em Brasília. 

 

 

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blogs e Colunas