Santa Cruz

SANTA CRUZ

Técnico vê Santa Cruz atual como planejado, exalta preparação física e mira maior evolução

Leston Júnior ressaltou que em "futebol as coisas não se transformam como em passe de mágica", mas que o elenco vai evoluir ao longo da temporada

postado em 09/01/2019 08:20 / atualizado em 09/01/2019 09:15

Nando Chiappetta/DP FOTO
O Santa Cruz iniciou a pré-temporada no dia 3 de dezembro. Desde então, realizou três jogos-treinos, um amistoso e uma infinidade de trabalhos táticos, técnicos e físicos. Remontou o elenco. Contratou 13 jogadores. Desfez-se de grande parte do grupo da última temporada. Nas mãos do técnico Leston Júnior, o time ainda está se encontrando. Após empatar o com o Treze, no amistoso da terça-feira, em Campina Grande, o treinador afirmou que a equipe ainda tem muito a evoluir ao longo do ano. Mas ressaltou que, até então, tudo corre dentro do planejado.

“Estamos em um nível de planejamento que gostaríamos, mas ainda bem longe do time ideal. Estamos evoluindo fisicamente, taticamente e ainda estamos em processo de colocar nosso conceito. Temos algumas coisas para melhorar e isso vai vir com trabalho e tempo. No futebol, as coisas não se transformam como em passe de mágica”, afirmou Leston.

O Santa Cruz contratou 13 jogadores, dos quais quatro começaram o jogo contra o Treze como titulares - o zagueiro Vitão, os laterais Marcos Martins e Bruno Ré e o volante Diego Lorenzi. Além deles, o meia Allan Dias também vinha sendo utilizado na equipe principal, mas foi vetado do amistoso com uma lesão no tornozelo. O fato é que o elenco está passando por um grande processo de remontagem. O treinador salienta a questão do tempo.

“Não vamos pegar um time que montamos agora e em 30 dias deixá-lo em condição de fazer uma sequência de grandes jogos. Ele vai melhorar gradativamente. No jogo contra o Botafogo-PB (na estreia da Copa do Nordeste, dia 15), até pela manutenção da base deles, o adversário nesse quesito vai exigir mais. É importante termos consciência para nos prepararmos bem e termos condução de jogar em bom nível. Temos que jogar bem para aumentarmos possibilidade de êxito”, pontuou.