Sport

SPORT

Sport sai na frente, perde pênalti com Hernane e fica no empate com o CRB em Maceió

Com o resultado, Leão assume provisoriamente a segunda colocação da Série B

postado em 07/10/2019 21:56 / atualizado em 07/10/2019 22:30

<i>(Foto: Marlon Costa/Futura Press)</i>
No segundo jogo seguido fora de casa, o segundo empate. Com direito a desperdiçar um pênalti com o atacante Hernane, o Sport saiu na frente, mas cedeu a igualdade por 1 a 1 com o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió, na abertura da 27ª rodada da Série B. O 13º empate do Leão na competição, que chegou aos 27 pontos, assumindo provisoriamente a 2º colocação. Com um ponto a menos, o Atlético-GO enfrenta nesta terça-feira o Cuiabá, em Goiânia. Já o CRB, também provisoriamente, chega a 4ª colocação.

Em meio a maratona de jogos da Série B, o Sport fará agora dois jogos seguidos na Ilha do Retiro. O primeiro já na sexta-feira, diante do São Bento. Na próxima segunda, será a vez de encarar o Cuiabá. 

O jogo

Para a partida, o técnico Guto Ferreira foi obrigado a fazer duas mudanças com relação à última rodada, com Raul Prata e Pedro Carmona entrando nas vagas de Norberto, suspenso, e Leandrinho, lesionado, respectivamente. Mudanças que não alteraram a forma do Sport atuar. Um jogo de valorização da posse de bola e paciência. O que muitas vezes é confundida com passividade.

Principalmente quando o adversário adianta a marcação. Foi o caso do CRB, que com isso dificultou a saída de bola do Leão. Por outro lado, mesmo com mais tempo no campo de ataque, o time alagoano também encontrava dificuldades para penetrar na defesa rubro-negra. Se limitando, assim, a buscar jogadas aéreas. 

Em uma dessas, após cobrança de escanteio, Mailson foi obrigado a fazer uma defesa sensacional, à queima roupa, após cabeçada de Wellington Carvalho, que subiu mais alto que a marcação de Willian Farias. Foi a melhor oportunidade dos donos da casa.

Por outro lado, a marcação alta imposta pelo CRB também tem seus riscos. E em uma jogada rápida do Sport, Carmona deu lindo lançamento nas costas do lateral Daniel Borges encontrando Guilherme, que entrou livre e tocou com categoria, longe do alcance do goleiro Fernando Henrique, abrindo o placar no único chute em gol do Leão no primeiro tempo.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram com a mesma formação para a etapa final. Porém, com dois minutos, Guto precisou queimar a primeira mudança, após o atacante Yan sair lesionado para a entrada de Marcinho. E com o CRB se arriscando mais em busca do ataque, o Sport passou a ter campo para armar contra-ataques. 

Em cinco minutos, foram três boas oportunidades desse tipo a favor do Leão. Com o gol não saindo por conta dos erros dos jogadores rubro-negros na conclusão das jogadas. Faltou capricho, seja no último passe, seja na finalização.

Buscando dar mais força ao seu setor ofensivo, Marcelo Chamusca colocou em campo o artilheiro Édson Carius, aos 13 minutos. E não demorou muito para o atacante obrigar Mailson a fazer outra boa defesa em um chute forte, dentro da área. A resposta do Sport foi imediata, com Pedro Carmona, em um lindo chute, acionar Fernando Henrique. Foi a última jogada do meia que, desgastado, acabou substituído por Léo Artur. 

Porém, a mudança que fez efeito foi a do CRB. Explorando sempre o lado direito da defesa leonina, o ex-rubro-negro Alisson Farias achou o lateral Igor que cruzou para Edson Carius, livre na pequena área, empatar a partida. Com a igualdade no placar, o time alagoano voltou a marcar a saída de bola com campo de defesa do Sport.

E novamente em uma descida rápida, o time pernambucano teve a chance de ficar a frente do placar, com Guilherme tocando para Hernane ser derrubado dentro da área. Porém, na cobrança do pênalti, o Brocador mandou na trave, aos 34 minutos. A reta final da partida foi bastante aberta, com os dois times buscando o gol da vitória, e deixando consequentemente espaços na defesa. Porém, a rede não voltou a ser balançada. 

Ficha do jogo

CRB 1
Fernando Henrique; Daniel Borges, Wellington Carvalho, Victor Ramos e Igor; Claudinei, Lucas Siqueira e Hugo Sanches (William Santana); Allison Farias, Iago (Willie) e Léo Ceará (Édson Carius). Técnico: Marcelo Chamusca.

Sport 1
Mailson; Raul Prata, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Charles, Willian Farias e Pedro Carmona (Léo Artur); Yan (Marcinho), Hernane (Élton) e Guilherme. Técnico: Guto Ferreira.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Cardozo e Lillian da Silva Fernandes (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Hernane, Élton, Raul Prata, Guilherme (S), Victor Ramos, Wellington Carvalho (C )
Gols: Guilherme, aos 39 min do 1º e Edson Carius, aos 23 min do 2º