Náutico

NÁUTICO

Após derrota na primeira final, jogadores do Náutico dizem que título não está perdido

Alvirrubros estavam há 18 jogos de invencibilidade, mas perderam dentro de casa, no estádio dos Aflitos, na primeira decisão do Pernambucano

postado em 14/04/2019 18:30 / atualizado em 14/04/2019 22:04

<i>(Foto: Peu Ricardo/DP )</i>
Depois de 18 partidas de invencibilidade, o Náutico conheceu sua primeira derrota. E num momento decisivo, na partida de ida da final do Campeonato Pernambucano, contra o Sport. Apesar de ser derrotado por 1 a 0 pelo Leão, os jogadores alvirrubros não acreditam que o resultado favorável do Rubro-negro vai fazer com que a equipe do Timbu abaixem a cabeça em busca do bicampeonato.   

“Não está nada perdido, tem mais 95 minutos lá na Ilha. Vamos trabalhar ainda mais essa semana para sermos campeões”, disse, prontamente, o atacante prata da casa Robinho, que voltou à titularidade depois de mais de 20 dias fora. 

O discurso foi o mesmo do volante Josa, após o apito final. O defensor afirmou que o Náutico soube se portar melhor em campo defensivamente, inibindo o Sport em alguns momentos da partida. Mas, lamentou pela derrota e acrescentou que o jogo ainda está “em aberto”. 

“Infelizmente veio a derrota, o jogo ainda está em aberto. Na Ilha, a gente tem que reverter o título lá, vamos em busca do título lá. A gente conseguiu segurar o Sport nos momentos mais difíceis no jogo. Quando se perde, perde todo mundo. Se eles fizeram um gol aqui, a gente também pode fazer um gol lá também”, finalizou.