ESCÂNDALO

Investigação que prendeu José Maria Marin tem mais 13 indiciados pela Justiça dos EUA

Conheça todos os dirigentes alvos de acusação da justiça norte-americana

postado em 27/05/2015 10:21 / atualizado em 27/05/2015 16:23

Norberto DUARTE/AFP
O Departamento de Justiça do Estados Unidos divulgou, nesta quarta-feira, uma nota oficial em que detalha as acusações que provocaram as prisões de diversos dirigentes da Fifa, num escândalo que abalou o mundo do futebol, e apresentou a lista de detidos e acusados. Entre os presos, está José Maria Marin, ex-presidente da CBF, que teve a sua prisão confirmada pelo órgão.

De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, 14 pessoas foram indiciadas por diversos crimes, entre eles conspiração para levar dinheiro, extorsão e fraude eletrônica, em um esquema com 24 anos de duração e com pagamento de subornos.



A nota confirma que Jeffrey Webb, José Maria Marin, Eugenio Figueiredo, Rafael Esquivel, Eduardo Li, Julio Rocha e Costa Takkas foram presos na Suíça, onde estavam para o Congresso da Fifa. Além disso, o Departamento de Justiça dos EUA revelou que alguns dos acusados, casos de Charles Blazer e do brasileiro José Hawilla, assinaram confissões de culpa.

Confira os dirigentes alvos de acusação da justiça norte-americana:

OS DIRIGENTES

Jeffrey Webb: Um dos vice-presidentes da Fifa, membro do comitê executivo, presidente da Concacaf, membro do comitê executivo da União de Futebol do Caribe (CFU) membro do comitê executivo e presidente da Associação de Futebol das Ilhas Cayman.

Eduardo Li: Membro dos comitês executivos da Fifa e da Concacaf e presidente da Federação de Futebol da Costa Rica.

Julio Rocha: Membro do comitê de desenvolvimento da Fifa e presidente da Federação de Futebol da Nicarágua.

Costas Takkas: Assessor do presidente da Concacaf.

Jack Warner: Ex-vice-presidente da Fifa, ex-presidente da Concacaf e presidente da Federação de Futebol de Trinidad e Tobago.

Eugenio Figueredo: Vice-presidente da Fifa e membro do seu comitê executivo. Ex-presidente da Conmebol e da Associação Uruguaia de Futebol.

Rafael Esquivel: Membro do Comitê Executivo da Conmebol e presidente da Federação Venezuelana de Futebol.

José Maria Marin: Atual membro do Comitê Organizador da Fifa para os torneios olímpicos de futebol. Ex-presidente da CBF.

Nicolás Leoz: Ex-membro do comitê executivo da Fifa e ex-presidente da Conmebol.

EXECUTIVOS DE MARKETING ESPORTIVO

Alejandro Burzaco: Chefe da empresa de marketing esportivo Torneos y Competencias SA, sediada na Argentina, e suas afiliadas

Aaron Davidson: Presidente da Traffic Sports USA Inc., nos Estados Unidos.

Hugo e Mariano Jinkis: Chefes das empresas de markerting esportivo Full Play Group, na Argentina.

OUTRO RÉU

José Margulies: Controlador empresas da transmissão de eventos esportivos Valente Corp. and Somerton Ltd. Teria servido como intermediário para facilitar pagamentos ilícitos entre os executivos de marketing esportivo e autoridades do futebol.

{'id_site': 1, 'imagem_destaque': 'ns1/app/foto_126510467054/2015/05/27/6897/20150527125213316559u.jpg', 'id_content': 3111221L, 'url': 'https://www.pe.superesportes.com.br/app/1,154/2015/05/27/galeria_futebol_internacional,6897/o-escandalo-de-corrupcao-na-fifa-em-manchetes-de-todo-mundo.shtml', 'titulo_destaque': 'O esc\xe2ndalo de corrup\xe7\xe3o na Fifa em manchetes de todo mundo', 'samesite': True, 'id_pk': 6897L, 'id_conteudo': 3111221L, 'id_aplicativo': 11, 'meta_type': 'foto', 'titulo': 'O esc\xe2ndalo de corrup\xe7\xe3o na Fifa em manchetes de todo mundo', 'id_treeapp': 154, 'descricao_destaque': 'Ex-presidente da CBF, Jos\xe9 Maria Mar\xedn, aparece na capa de diversos portais', 'schema': 'foto_126510467054'}

Tags: escandalo cbf josemariamarin nicolasleoz escândalo cbf José Maria Marin Nicolás Leoz