Sport

SPORT

Enfim, o desfecho: Sport empresta Rithely para o Internacional em troca de atletas e dinheiro

Volante defenderá o Colorado até o final de 2019 por R$ 1,2 milhão e em troca de empréstimo de jogadores gaúchos, que chegarão para a Série A 2018

postado em 11/03/2018 13:22 / atualizado em 11/03/2018 13:35

Arquivo Pessoal
O volante Rithely era alvo deliberado do Internacional pelo menos desde 2016. Cobiçado pelos gaúchos, o atleta atualmente com 27 anos teve o contrato estendido pelo Leão com investimento milionário até 2022. O Sport conseguiria evitar a saída do cabeça de área temporariamente. Após uma verdadeira novela que vinha se desenrolando nos últimos três meses, o Sport enfim cedeu ao desejo do jogador e as insistentes investidas do Internacional. Neste domingo, o Leão oficializou a transferência do volante por empréstimo para o Beira-Rio até o final de 2019.

Em contrapartida, o Sport recebeu um aporte financeiro de R$ 1,2 milhão e as garantias de receber mais dois ou três jogadores do Internacional por empréstimo para a Série A. O lateral-direito Cláudio Winck e o zagueiro Ernando são os mais cotados dentre os nomes colocados pela direção gaúcha ao Leão. 

“Ao longo da semana estaremos analisando os atletas. Já estamos tratando no que se refere aos contratos desses reforços. Eles virão para o Campeonato Brasileiro, mas trabalharão com nosso elenco ainda durante a disputa do Campeonato Pernambucano”, disse o diretor de futebol rubro-negro, Leonardo Lopes - em entrevista ao site oficial do clube. 

Além disso, o Sport ainda conseguiu garantias contratuais de que o zagueiro Léo Ortiz e o volante Anselmo, cedidos pelo Inter, ficarão no clube até o final deste ano. "A cláusula que havia no contrato de ambos (para deixar a Ilha) em caso de interesse de compra por algum clube foi retirada e os jogadores só sairão do Sport se o Leão optar", explicou a nota oficial rubro-negra.

Rithely estava no Sport desde 2011, quando foi contratado junto ao Goiás, na época por indicação do técnico Hélio dos Anjos. No Leão, ele marcou 30 gols em 356 partidas pelo Rubro-negro. Era o segundo atleta há mais tempo no clube, atrás do goleiro Magrão - na Ilha do Retiro desde 2005.

A novela

Rithely vinha sendo alvo do interesse do Atlético-MG e do Internacional desde dezembro do ano passado. Com o Sport inflexível nas conversas, a saída do volante chegou a ser abortada. Mas as tratativas com os dois clubes foram retomadas na semana passada. O Galo chegou a dar um passo à frente. O atacante Carlos e o meia Danilo chegaram a ser negociados com o Leão. Mas, de última hora, o Internacional voltou com tudo e tomou as rédeas da negociação.

Vinculado ao Sport até 2022, Rithely vivia uma situação desconfortável na Ilha do Retiro. Alegando dívidas, os agentes do jogador chegaram a acionar o Leão na Justiça e na Câmara Nacional de Relação de Desportos (CRND) da CBF. No primeiro caso, a ação cobra o pagamento da compra de 50% dos diretorias econômicos do atleta realizada em 2016. Na outra instância, os empresários pedem o pagamento das parcelas pendentes pela comissão da negociação. O Sport tentou uma revisão nos valores, sem sucesso.

Com apenas dois jogos pelo Sport em 2018, Rithely se recuperava fisicamente após justificar lesão no tornozelo. A previsão era que ele voltasse a atuar na semana passada, contra o Santa Cruz, na Ilha. Mas foi vetado devido à falta de condicionamento físico. Sem atuar, o atleta gerou um prejuízo financeiro ao Leão.