Mais Esportes

NATAÇÃO

Pernambucana Etiene Medeiros conquista duas medalhas na etapa da Copa do Mundo do Japão

Nadadora foi prata nos 50m costas e bronze com a seleção no revezamento

postado em 14/11/2017 16:38 / atualizado em 14/11/2017 18:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Nelson Silva/Arquivo Pessoal
Quando estabeleceu seu planejamento para 2017, Etiene Medeiros colocou como uma das prioridades disputar etapas da Copa do Mundo de natação. Para ela, é importante se ambientar com suas principais adversárias, além de competir em alto nível, puxando a motivação e os resultados para cima. Nesta terça-feira, a pernambucana cumpriu a primeira parte da meta e com louvor. Na estreia da etapa do Japão da Copa de Natação, disputada em piscina curta, a nadadora conquistou duas medalhas. A primeira individual, prata, na sua especialidade, os 50m costas, prova da qual ela é recordista e campeã mundial. A segunda no coletivo, um bronze, no revezamento 4x50m medley misto com a seleção brasileira.

Etiene encara a etapa da Copa do Mundo também como uma oportunidade de conhecer o país onde serão realizadas as Olimpíadas de 2020. Por isso, ela chegou um pouco antes do início da competição. Se ambientou no moderno Japan Institute of Sports Sciences (JISS), onde até fez um intercâmbio com seis atletas japonesas, tendo como foco uma de suas especialidades, o nado costas. Neste terça-feira, caiu na água pela primeira vez e se mostrou bem preparada. Volta a competir ainda em Tóquio nesta quarta-feira, desta vez nos 50m livre. Novamente, vai brigar com medalha. 

A disputa de Etiene nesta terça-feira foi com a australiana Emily Seebohm (26s24), que ficou o ouro por 0s10. A prata da pernambucana veio com 26hs34, logo à frente da japonesa Mayuko Mori (26s56). O tempo para comemorar o bom resultado foi pouco. Logo depois, ela integrou o revezamento brasileiro misto nos 50m medley e novamente buscou uma medalha. O bronze veio junto com a equipe formada por Daynara de Paula, Nelson Junior e Raphael Rodrigues, que fez o tempo de 1m39s90. O ouro ficou com a equipe australiana (1m39s05) e a prata com os Estados Unidos (1m39s83).
 
"Foram duas provas logo no primeiro dia. Gostei muito dos dois resultados e uma das coisas que comentei com o Vanza é que competi pela última vez em alto nível em Budapeste. Então não sabíamos como seria. Gostei muito do meu tempo. Um saldo muito bom. É bom estar de volta, iniciando um ciclo ainda mais motivada. Essa era a prova com mais chances de medalhas, vamos ver como será amanhã (quarta-feira). Ainda tem muita coisa pela frente", afirmou Etiene. 

A também pernambucana Clarissa Rodrigues, que integra a equipe do Sesi (que está toda no Japão), junto com Etiene, foi ao Japão e disputou nesta terça-feira duas provas, ficando nas eliminatórias em ambas. Nos 50m borboleta fez 26s77 e nos 200m livre fez 2min00s24.