Você está em MG

Comemoração

De carro, bicicleta, trem... é festa do Santa Cruz

Carreata do bicampeonato Estadual do Tricolor marcou o domingo no Recife com muita alegria e descontração

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 28/05/2012 09:15 / atualizado em 28/05/2012 09:33

Thatiana Pimentel /Superesportes PE

Imagem: ALCIONE FERREIRA/DP/D.A PRESS
Demorou, mas chegou. A frase não faz referência ao bicampeonato do Santa Cruz, conquistado recentemente pela equipe coral, mas sim da carreata da vitória que foi adiada duas vezes e acabou acontecendo ontem. Cerca de sete mil pessoas, segundo informações da Polícia Militar, se reuniram na frente do estádio do Arruda de onde saíram às 11h da manhã. O cortejo passou pela Avenida Beberibe, Estrada de Belém, Avenida Agamenon Magalhães, Pina, Avenida Domingos Ferreira e terminou no 1º Jardim da avenida Boa VIagem, onde os 20 trios e carros de som que acompanharam os torcedores foram dispersados. Os tricolores, porém, continuaram a festa por conta própria até por volta das 20h.

Imagem: ALCIONE FERREIRA/DP/D.A PRESS
Para Marcos Soares, um dos organizadores do evento, o encontro deu oportunidade para várias gerações comemorarem juntos e mostrarem seu amor pelo time. “Foi um dia de diversão e de tradição, pois nos reunimos para celebrar a vitória e mostrar aos nossos filhos as alegrias que o Santa Cruz pode nos dar”, explicou. Um bom exemplo disso pode ser visto em uma das inúmeras famílias presentes na celebração. Cláudia Cruz aproveitou a festa e levou quase toda a família para a carreata, inclusive seu filho e seu sobrinho, de seis e sete anos, respectivamente. “Esse é um momento único para nós. Sou uma defensora das carreatas pois elas nos fazem passar um tempo divertido com amigos e familiares sem nenhum custo. É uma alegria participar.”

Já os amigos Hélio Moura Filho e Marcus Santos aproveitaram a carreata para, além de comemorar o título tricolor, fazer um passeio de bicicleta pelo Recife. “Todos os domingos a gente tenta andar pela cidade. Como sabíamos da carreata, unimos o útil ao agradável”, detalhou Moura, que chegou ao Arruda pedalando desde a Avenida Boa Vista. Para seu amigo Marcus, o esforço foi maior, pois ele começou o “passeio” na Cidade Universitária. “O calor incomodou, mas a gente faz tudo pelo santinha.”


Boa causa

TATHIANA PIMENTEL/DP/D.A PRESS
Outro grupo também aproveitou a comemoração tricolor por uma boa causa. Trata-se da equipe sub-10 de futsal do Santa Cruz, que acompanhou a festa em busca de doações para uma disputa na Espanha valendo o título da Copa Costa Branca. O técnico dos meninos, João Carlos de Andrade, acredita que além das doações, ver a empolgação da torcida tricolor de perto ajudou a motivar ainda mais as crianças. “Valeu a pena”, ressaltou.

Outro torcedor que se destacou durante o trajeto foi o José Carlos de Santana que levou uma moto completamente estilizada com as cores da equipe tricolor para a carreata. “Eu preparo ela sempre para o carnaval. Como sabia que seríamos campeões e que teríamos essa festa, deixei tudo pronto para hoje (ontem)”, afirmou. De acordo com ele, foi a 20ª carreata do Santa da qual ele participou. “Em todos estes anos o santinha sempre me deu grandes alegrias. Hoje foi mais um desses dias inesquecíveis.” O cortejo teve ainda presenças ilustres como os jogadores Renatinho, Memo, Natan e Leo, além do presidente do clube, Antônio Luiz Neto.