Santa Cruz

SANTA CRUZ

Para Roberto Fernandes, não há diferença em decidir mata-mata dentro ou fora de casa

Treinador prefere que equipe faça duas partidas equilibradas nas quartas

postado em 10/08/2018 19:51 / atualizado em 10/08/2018 20:03

Léo Malafaia/Esp. DP
Muitas vezes, ouve-se treinadores dizerem que, em mata-mata, preferem decidir a classificação em casa. Entretanto, o técnico Roberto Fernandes tem dúvidas quanto a essa questão. Caso vença o Salgueiro neste sábado, às 19h30, no Arruda, e o Atlético-AC perca para o ABC, em Natal, o Tricolor assume a segunda colocação do Grupo A. Assim poderá fazer a partida da volta nos seus domínios. O técnico prefere acreditar em boas partidas dentro e fora de casa, em vez de colocar toda a carga em um jogo específico. 
 
“Nunca consigo cravar essa resposta, um pensamento definitivo. (Por) exemplo, esse ano com o Náutico, conseguimos passar fase fazendo segundo jogo em casa e fazendo fora de casa. Tenho analisando principalmente Série C, (onde é) muito difícil reverter placar. A palavra de ordem é equilíbrio. Se fizer o primeiro em casa, é importante fazer resultado. Prefiro não escolher, o que vier vamos buscar fazer dois jogos de equilíbrio”, falou o comandante. “Hoje o Santa chega com possibilidade de ficar segundo. Vamos buscar a vitória, mas não sei até quando é vantagem fazer segundo jogo em casa. Tenho dúvidas, confesso”, encerrou.

Para a partida, o Santa Cruz não contará com zagueiro Danny Morais, do volante Willian Maranhão e do meia Arthur Rezende, suspensos com o terceiro cartão amarelo. O zagueiro Sandoval, lesão na coxa, o volante Carlinhos Paraíba, recuperando-se de um processo de cansaço muscular na coxa, e o atacante Robinho, evoluindo das dores no tornozelo, seguem vetados. 

Matematicamente, o Tricolor ainda não está classificado. Basta apenas um empate diante do Carcará para decretar sua vaga na próxima fase. Porém, as chances de perder são remotas. Seria preciso perder para o Salgueiro, o Botafogo-PB empatar ou vencer seu jogo, e o Confiança, quinto colocado, tirar uma diferença de nove gols de saldo.